METODOLOGIAS

Pesquisas Quantitativas

A Metodologia Quantitativa utiliza instrumentos de coleta de dados estruturados com questões fechadas, aplicados a uma amostra representativa do universo de interesse da pesquisa.

Os dados obtidos são quantificados e recebem tratamentos estatísticos de maneira a fornecerem informações e resultados tangíveis a nossos clientes.

  • Survey
  • Tracking
  • Painel

Pesquisas Qualitativas

A Metodologia Qualitativa utiliza um roteiro estruturado ou semiestruturado com questões abertas, que direcionam a conversa entre o pesquisador e um entrevistado ou um grupo reduzido de indivíduos pertencentes ao universo de interesse da pesquisa.

As informações obtidas por esse meio são de caráter subjetivo, ou seja, sentimentos, motivações, opiniões, conceitos e ideias.

Através da análise e interpretação das respostas de um entrevistado é possível obter dados explicativos e originais sobre o assunto pesquisado.

  • Entrevista em Profundidade
  • Grupo de Discussão
  • Observação Participante

Dados secundários

A metodologia de Dados Secundários consiste na utilização de informações já existentes em diversas fontes como IBGE, IPEA, outras instituições e fundações governamentais de várias instâncias, relatórios internos de empresas, entre outros.

As informações pertinentes ao objeto de estudo são coletadas, tabuladas e analisadas com o objetivo de produzir conhecimento a partir da conexão de dados antes dispersos nessas fontes.

Estes dados, em especial demográficos, auxiliam na realização de outros tipos de pesquisa, ao oferecer um quadro de informações ainda maior sobre o ambiente investigado.

Quantitativa conjugada com qualitativa

A Metodologia Quantitativa conjugada com qualitativa agrega características desses dois métodos em um só estudo. A partir de um instrumento de coleta de dados, com questões fechadas e abertas, é possível obter tanto dados estatísticos e informações numéricas quanto obter conceitos e ideias a respeito do assunto pesquisado.

  • Survey
  • Tracking
  • Painel

Cliente misterioso

A Metodologia do Cliente Misterioso parte do princípio da observação e experimentação de uma situação de interesse, para analisá-la e avaliá-la.

O pesquisador faz as vezes de um cliente qualquer para avaliar um produto ou serviço.

Teste cego

O teste cego possibilita a experimentação de um produto por seus consumidores em potencial, em suas diversas características.

A partir destes testes e da análise de seus resultados é possível verificar a viabilidade de um produto e estimar como será sua aceitação no mercado.

Análises

As técnicas estatísticas e não estatísticas para tratar e analisar os dados coletados são de muita importância para a obtenção de resultados assertivos para cada problema de pesquisa.

Por esse motivo, a CP2 utiliza diversas metodologias de tratamento e análise de dados de acordo com as necessidades apresentadas por nossos clientes, adequadas também a cada metodologia de coleta de dados.

  • Análise Descritiva 
  • Análise Fatorial 
  • Análise de Cluster 
  • Análise de Regressão
  • Geoprocessamento

Trabalho de campo

Realização de coleta de dados por meio de aplicação de questionários estruturados ou semiestruturados junto à amostra representativa do universo a ser pesquisado ou censo.

TRABALHO DE CAMPO (COM PRECISÃO AMOSTRAL)

Realização de análise gerencial dos resultados estatísticos da pesquisa, de forma detalhada, tema por tema, pelos melhores profissionais do mercado.