Assertividade nas Pesquisas

Assertividade nas Pesquisas

O jornal o Tempo, na data de 14 de outubro de 2016, publicou um comparativo dos resultados das pesquisas de intenção de voto realizados por DATATEMPO/CP2 e a apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em algumas cidades Mineiras.

A Cp2 Pesquisas reafirma a importância de uma pesquisa com credibilidade e assertividade para a tomada de decisões estratégicas e que possibilitam planos de ações para o desenvolvimento e crescimento de empresas, serviços e produtos.

A CP2 Pesquisas garante a confiabilidade de seus resultados e permite a seus clientes alcançar uma visão clara para construção de estratégias e planos de ação.

A nossa equipe trabalha com profissionalismo e atende com especificidade cada cliente! Solicite uma proposta!

 

Diagnóstico estratégico

Diagnóstico estratégico

“Realizar ações de comunicação sem o diagnóstico estratégico é como dirigir a noite com os faróis apagados. ”.

O diagnóstico estratégico é o ponto alto de toda pesquisa, seja ela eleitoral, pública ou no âmbito do mercado.

Ele possui a finalidade de apontar a situação real de determinada instituição, levantando informações sobre a sua gestão frente aos seus públicos, verificando pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças, tanto internas quanto externas. O diagnóstico estratégico em pesquisas, capta a opinião do entrevistado, buscando conhecer seu nível de satisfação, posicionamento e opiniões acerca de determinado assunto.

Dessa forma, o gestor poderá, com base em dados quantitativos ou qualitativos, visualizar a posição de seu empreendimento ou administração frente a concorrência e seus colaboradores, tendo, dessa forma, condição de tomar decisões quanto a ações de gestão e comunicação visando alcançar suas metas.

Assim, uma pesquisa bem conduzida, por profissionais treinados e capacitados, é a chave para o gestor que deseja ter informações assertivas.

A tecnologia em “tempo real”

A tecnologia em “tempo real”

O avanço na tecnologia possibilita o aumento de produtividade e a agilidade dos processos. Um exemplo disso é a realização de pesquisas “em tempo real”.

Durante a realização de pesquisas quantitativas, o entrevistador aplica seus questionários em tablets. O que antes era feito de forma escrita em papel, hoje é feito em menos da metade do tempo. Eliminou-se o gasto desnecessário do papel e caneta e ganhou-se minutos preciosos, tanto para o entrevistador, quanto para o entrevistado.

Mas, o melhor ainda não contamos. Ao preencher seu questionário, os dados coletados são armazenados “em nuvem”, permitindo que o checador possa realizar o seu trabalho simultaneamente à realização das entrevistas. Traduzindo em português bom e claro: maior agilidade e confiabilidade das informações.

A CP2 está entre as empresas que valorizam a dinâmica realizando suas pesquisas “em tempo real” e armazenando sua base de dados “na nuvem”.

Qual é o produto que faz parte da sua vida e que você fica feliz por ele continuar no mercado?

Qual é o produto que faz parte da sua vida e que você fica feliz por ele continuar no mercado?

A ABEP publicou em uma edição de suas revistas PMKT21, no ano de 2015 uma matéria contendo respostas à pergunta acima. Confira algumas delas:

Luiz Carlos Fernandes – Professor

“Alguns produtos fazem parte da minha vida a pelo menos 40 anos: bolachas Mabel, detergentes líquidos, café solúvel, bolos de caixa e muitos outros. Eles fazem com que a vida da gente se torne mais fácil, prática e feliz. ”.

Roberto Macedo – Economista e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Economia

“O produto que me deixa mais feliz é o computador e os serviços a que me dá acesso: softwares como o Office, internet para e-mail, sites de busca, como o Google, etc. E sempre na forma de um dueto: o de mesa em casa/ escritório e o laptop para viagens. Gasto boa parte do dia com essa dupla. ”.

Priscila Mattos

“Sempre fui fresca pra comida e se não fosse o Nissim Miojo, sabor tomate, da Turma da Mônica, eu provavelmente teria morrido. Tudo bem, é cheio de sódio e não possui todas as vitaminas necessárias ao desenvolvimento, mas imagina uma mãe despreparada com sua filha doente que não come nada? Hoje, não mais doente, como de tudo, mas esse miojo continua sendo meu favorito há 25 anos. ”.

Fonte: Revista Pesquisa de Mercado, Opinião e Mídia PMKT 21 (ABEP).