O papel da pesquisa política na campanha eleitoral

O papel da pesquisa política na campanha eleitoral

Entenda como as pesquisas podem aumentar suas chances de sucesso

Atualmente é impensável planejar uma campanha eleitoral sem o embasamento de informações precisas e confiáveis sobre o cenário político. Isso faz com que cada vez mais candidatos utilizem pesquisas para entender o que seus eleitores de fato querem.

Esse recurso permite aos candidatos planejarem ações estratégicas mais assertivas que chegarão com mais eficiência ao seu público-alvo, aumentando suas chances de sucesso. Além de auxiliarem na utilização dos recursos eleitorais.

Tipos de pesquisas

A aplicação de análises, entretanto, não deve estar restrita apenas ao período eleitoral. Uma moderna e eficaz campanha deve sempre ter um programa completo de pesquisas – quantitativas e qualitativas – correspondendo às suas diferentes fases.

Pesquisa de diagnóstico político – Acontece antes da campanha e funciona como “marco-zero”. Sua função é fornecer informações sobre o contexto político atual para definir o posicionamento da candidatura, seu foco e sua estratégia.

Tracking eleitoral – Assim como as pesquisas de intenção de voto convencionais o tracking utiliza entrevistas feitas pessoalmente. Os levantamentos podem ser feitos periodicamente.

Essa sondagem ajuda a definir estratégias dentro da campanha, como eventuais mudanças ou ajustes. Também serve para monitorar o comportamento dos adversários e alterações no comportamento do eleitor.

Mas atenção, as pesquisas políticas devem ser conduzidas por instituições qualificadas! Entre em contato conosco pelo comercial@cp2.com.br ou pelo (31) 3071-8400 e saiba como alavancar sua campanha!

Pesquisa de mercado: uma estratégia de sucesso

Pesquisa de mercado: uma estratégia de sucesso

Saiba o que é uma pesquisa mercadológica e o porquê de ela ser essencial para sua empresa

A crise econômica e o aumento da competitividade empresarial fazem com que cada vez mais as empresas demandem insights para se sobressaírem e se fortalecerem mesmo diante de períodos incertos. Ter em mãos as informações corretas no momento da tomada de decisão é fundamental para um resultado positivo, por isso, um dos melhores métodos para entender o que está acontecendo e saber qual caminho seguir, é a pesquisa de mercado.

Por meio da coleta e estudo de dados reais e confiáveis a pesquisa mercadológica aponta um cenário real oferecendo informações valiosas para a tomada de decisão em um negócio. Assim, a empresa consegue conhecer os aspectos quantitativos e qualitativos no que tange o potencial do segmento e os hábitos de consumo de seu público-alvo. Mas atenção, existem pesquisas e pesquisas.

Apenas as informações fornecidas por uma boa pesquisa de mercado permitem que você, gestor, desenvolva estratégias de comunicação e venda sob medida para seus clientes.

 

Design sem nome

 

Conhecer e conquistar
O primeiro passo para estruturar uma empresa é entender onde ela se encaixa, a que segmento pertence e o que se destina a fazer, ou seja, qual seu posicionamento de mercado. É a partir daí que a equipe consegue desenvolver planos e estratégias

É preciso que a empresa perceba como seu público consome, quem são seus concorrentes e suas estratégias. Esse conhecimento, adquirido por pesquisas mercadológicas, permitirá identificar pontos positivos e críticos do produto e a força da concorrência.

Por isso, não existe um momento específico para sua utilização: pesquisas de mercado funcionam como um termômetro e são úteis em todas as etapas, desde a decisão de abertura, passando pela expansão ou reposicionamento.

Ainda na dúvida? Entre em contato conosco pelo comercial@cp2.com.brou pelo (31) 3071-8400 e saiba como dar um “up” na sua empresa.

Venha trabalhar conosco!

Venha trabalhar conosco!

Estamos contratando profissional de Atendimento Sênior, graduado em Estatística, com registro no CONRE;  com Mestrado ou Doutorado em Estatística, Marketing, Sociologia, Antropologia, Ciências Sociais, Comunicação ou Matemática.

Buscamos um profissional dinâmico, atento a detalhes, proativo, de boa dicção, habilidades de negociação, controle emocional, acompanhamento de cronograma e tomada de decisões, resolubilidade (dar e encaminhar soluções); com domínio de Pacote Office e informática. Esse funcionário deverá ter disponibilidade para residir em Brasília e ter, pelo menos, 2(dois) anos de experiência em Pesquisa de Marketing Quantitativa, comprovados por atestados de capacidade técnica.

 

ATIVIDADES:

• Participar de reuniões de briefing de pesquisa com clientes repassando as informações para Equipe CP2 em Belo Horizonte.

• Elaborar ou revisar plano de trabalho.

• Apresentar plano de trabalho da pesquisa ao cliente.

• Acompanhar o cronograma da pesquisa.

• Revisar a análises de pesquisas.

• Apresentar relatórios finais de pesquisa ao cliente.

• Participar, em conjunto, com a Analista de Belo Horizonte, da Apresentação da Pesquisa.

• Participar de processos licitatórios.

• Reunir com o cliente sempre que solicitado.

• Comunicar-se diretamente com o cliente especificamente sobre o projeto, através de reuniões, telefones e e-mails.

• Elaborar atas das reuniões.

 

OUTRAS INFORMAÇÕES:

Forma de Contrato: Prestação de Serviço/MEI.

Oferecemos: R$5000,00 + seguro de vida.

Disponibilidade para reunir, atender ligações e responder e-mails a qualquer tempo.

Horário: flexível porém deve ir ao escritório todos os dias.

Os interessados deverão encaminhar currículos para: cp2@cp2.com.br

colocando no assunto “PROFISSIONAL SÊNIOR DE ATENDIMENTO”

Dúvidas pelo telefone: 31 3071-8400

Assertividade nas Pesquisas

Assertividade nas Pesquisas

O jornal o Tempo, na data de 14 de outubro de 2016, publicou um comparativo dos resultados das pesquisas de intenção de voto realizados por DATATEMPO/CP2 e a apuração do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em algumas cidades Mineiras.

A Cp2 Pesquisas reafirma a importância de uma pesquisa com credibilidade e assertividade para a tomada de decisões estratégicas e que possibilitam planos de ações para o desenvolvimento e crescimento de empresas, serviços e produtos.

A CP2 Pesquisas garante a confiabilidade de seus resultados e permite a seus clientes alcançar uma visão clara para construção de estratégias e planos de ação.

A nossa equipe trabalha com profissionalismo e atende com especificidade cada cliente! Solicite uma proposta!

 

Diagnóstico estratégico

Diagnóstico estratégico

“Realizar ações de comunicação sem o diagnóstico estratégico é como dirigir a noite com os faróis apagados. ”.

O diagnóstico estratégico é o ponto alto de toda pesquisa, seja ela eleitoral, pública ou no âmbito do mercado.

Ele possui a finalidade de apontar a situação real de determinada instituição, levantando informações sobre a sua gestão frente aos seus públicos, verificando pontos fortes e fracos, oportunidades e ameaças, tanto internas quanto externas. O diagnóstico estratégico em pesquisas, capta a opinião do entrevistado, buscando conhecer seu nível de satisfação, posicionamento e opiniões acerca de determinado assunto.

Dessa forma, o gestor poderá, com base em dados quantitativos ou qualitativos, visualizar a posição de seu empreendimento ou administração frente a concorrência e seus colaboradores, tendo, dessa forma, condição de tomar decisões quanto a ações de gestão e comunicação visando alcançar suas metas.

Assim, uma pesquisa bem conduzida, por profissionais treinados e capacitados, é a chave para o gestor que deseja ter informações assertivas.

A tecnologia em “tempo real”

A tecnologia em “tempo real”

O avanço na tecnologia possibilita o aumento de produtividade e a agilidade dos processos. Um exemplo disso é a realização de pesquisas “em tempo real”.

Durante a realização de pesquisas quantitativas, o entrevistador aplica seus questionários em tablets. O que antes era feito de forma escrita em papel, hoje é feito em menos da metade do tempo. Eliminou-se o gasto desnecessário do papel e caneta e ganhou-se minutos preciosos, tanto para o entrevistador, quanto para o entrevistado.

Mas, o melhor ainda não contamos. Ao preencher seu questionário, os dados coletados são armazenados “em nuvem”, permitindo que o checador possa realizar o seu trabalho simultaneamente à realização das entrevistas. Traduzindo em português bom e claro: maior agilidade e confiabilidade das informações.

A CP2 está entre as empresas que valorizam a dinâmica realizando suas pesquisas “em tempo real” e armazenando sua base de dados “na nuvem”.

Qual é o produto que faz parte da sua vida e que você fica feliz por ele continuar no mercado?

Qual é o produto que faz parte da sua vida e que você fica feliz por ele continuar no mercado?

A ABEP publicou em uma edição de suas revistas PMKT21, no ano de 2015 uma matéria contendo respostas à pergunta acima. Confira algumas delas:

Luiz Carlos Fernandes – Professor

“Alguns produtos fazem parte da minha vida a pelo menos 40 anos: bolachas Mabel, detergentes líquidos, café solúvel, bolos de caixa e muitos outros. Eles fazem com que a vida da gente se torne mais fácil, prática e feliz. ”.

Roberto Macedo – Economista e ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Economia

“O produto que me deixa mais feliz é o computador e os serviços a que me dá acesso: softwares como o Office, internet para e-mail, sites de busca, como o Google, etc. E sempre na forma de um dueto: o de mesa em casa/ escritório e o laptop para viagens. Gasto boa parte do dia com essa dupla. ”.

Priscila Mattos

“Sempre fui fresca pra comida e se não fosse o Nissim Miojo, sabor tomate, da Turma da Mônica, eu provavelmente teria morrido. Tudo bem, é cheio de sódio e não possui todas as vitaminas necessárias ao desenvolvimento, mas imagina uma mãe despreparada com sua filha doente que não come nada? Hoje, não mais doente, como de tudo, mas esse miojo continua sendo meu favorito há 25 anos. ”.

Fonte: Revista Pesquisa de Mercado, Opinião e Mídia PMKT 21 (ABEP).